Andando pelas ruas posso perceber que não são só carrões importados, grandes mansões, pessoas engravatadas… lojas luxuosas, playboys desfilando em carrões importados.

Há minutos dali existe barracos amontoados onde a diversão existe, mas é bem diferente; crianças jogando bola descalços na rua de terra; esgoto a céu aberto do lado da favela

Cidade, cada vez mais acinzentada, por prédios já quase toda tomada, ruas, calçadas, viadutos largos, servindo de morada para aquelas vitimas da miséria malvada… Ouço sirenes, quem será dentro daquela ambulância? Se o hospital fosse bom, eu teria mais esperança…

Mas na verdade vejo também carros velhos, casa de madeira caindo ao chão, estrada esburacada, drogados, prostitutas, corrupção, policia com armar nas mãos vendendo drogas, criança vendendo seus corpos por uns poucos trocado.

Ao ler Atos 3.1-6

Pergunto-me como posso aplicar esse texto no mundo de hoje.

Pois como é que irei falar para essas pessoas que não tenho ouro nem prata, mas o que tenho isso te dou?

Temos que levar o nome de Jesus a todos, mas temos que estar preparado para agir e não só anunciar.

Temos que após anunciar trabalhar a quem anunciamos.

Temos que ter amor por essas vidas, amor que vem do nosso PAI, pois assim como DEUS nos ama ele ama também aquele que está jogado nas calçadas, prostituindo, se drogando, pois somos toda a criação de DEUS, mas somente aquele que aceitar JESUS CRISTO como o único SALVADOR se tornara filho de DEUS e terá a salvação e a vida eterna ao lado do PAI.

1 Pedro e João subiam ao templo para a oração da hora nona.

2 Era levado um homem, coxo de nascença, o qual punham diariamente à porta do templo chamada Formosa, para pedir esmola aos que entravam.

3 Vendo ele a Pedro e João, que iam entrar no templo, implorava que lhe dessem uma esmola.

4 Pedro, fitando-o, juntamente com João, disse: Olha para nós.

5 Ele os olhava atentamente, esperando receber alguma coisa.

6 Pedro, porém, lhe disse: Não possuo nem prata nem ouro, mas o que tenho, isso te dou: em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, anda!

Se Pedro nos visitasse no presente século, talvez ficasse chocado vendo não só a divisão ocorrida com a Igreja, assim como a diferença patrimonial, espiritual e financeira da mesma.

A Igreja deixou de fitar os olhos na pessoa, por não ter tempo ou interesse. O foco deixou o individual (pouco lucro) para investir no coletivo.

Samuel Ortiz

Deixe um comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: