” As transferências de culpa terminam aqui”


Jogar a culpa em outros é uma tentativa de nos justificarmos. O sentido básico de justificar-se é tornar-se justo.

Portanto a autojustificação não passa de um recurso que utilizamos  para ficar bem com nós mesmos. A prática da autojustificação inicio-se no Éden e continua até hoje.

Por isso, os homens continuam a esconder-se. Tentam fugir. Fogem da realidade. Fogem de Deus. Fogem das responsabilidade.Fogem através das drogas, da bebida alcoólicas, dos prazeres, de filosofia e de muitos outros artifícios.

O ser humano não tolera o sentimento de culpa. Ele é destrutivo. O peso da culpa nos amedronta e esmaga…

Vejamos como Adão agiu, e entenderemos a linha de conduta que ele criou para todos os homens daquele dia até hoje.

Deus lhe perguntou:

– Você comeu da árvore?

-Foi a mulher quem me levou a isso.

Podemos notar nessa passagem que, mesmo Adão errando ele logo achou uma pessoa para transferir o erro dele.(creio que isso foi pior do que ter comido da árvore.), Adão podia muito bem falar que ele desobedeceu a ordem de Deus e comeu da árvore; mas preferiu transferir a culpa para outra pessoa, no caso Eva.

Jogar a culpa em outra pessoa é fácil; o difícil  é ter coragem de assumir a culpa. Quer ficar livre da culpa? Transfira para outra pessoa, assim você fica livre do erro.

Vejamos como Eva aprendeu direitinho com o exemplo de Adão.

“Foi o diabo que me levou a isso”, falou Eva.

Eva justificou-se botando a culpa no diabo.

O máximo que ela conseguiu foi demonstrar que todo o pecado se origina em Satanás. Utilizou uma verdade da maneira errada.

É possível usarmos a verdade de forma errada. E todos aqueles que usa desse mesmo recurso- a autojustificação – está agindo errado.

Um exemplo:

(As vezes me pego no mesmo erro, de forma diferente mas é completamente da mesma maneira)

Um lindo café da manhã com o pai, filho e a mãe; de repente a mãe vai até a cozinha pegar mais alguns pães e o filho vai atrás; porém  o filho esbarra em uma xícara de café e derruba na mesa; ao mesmo tempo o pai olha com um olhar indignado para o filho e, solta um tapa na mesa e diz: Quantas vezes disse para você não derramar café na mesa, automaticamente o filho começa a chorar, a mãe vem e limpa a bagunça.

Outro dia é o pai que derruba o café na mesa, logo o filho olha para o pai e espera por uma reação… o pai diz para a mãe: Quantas vezes tenho que dizer que, não quero essa xícara   na mesa.

Sempre tentamos transferir a culpa para outra pessoa.

Todo homem terá de prestar contas de seus atos, e irá prestá-las somente a Deus. Daí a grande importância do Calvário, onde Cristo morreu.

Ele é o único para quem podemos transferir  nosso pecado e receber o perdão de Deus.

O Calvário é o único lugar onde podemos ficar livres da culpa.

Li uma vez que um dos presidentes dos Estados Unidos, Harry Truman, acabou sendo uma figura bastante popular no país, por escrever uma plaqueta  bastante singular, com dizeres: ” As transferência de culpa terminam aqui”. As transferências de sua culpa terminavam em sua mesa. Isso é uma marca do verdadeiro líder.

Precisamos mesmo é assumir a nossa culpa e não transferi-la a outra pessoa, e para isso, temos que ter é muita coragem.

Quem tenta fugir a essa responsabilidade está se escondendo de Deus.

Quem se recusa a reconhecer a existência de problemas está fugindo da realidade.

“Temos que conhecer a Deus, conhecer a nós  mesmos, conhecer as nossas familias e fazer com que a transferência de culpa termine em nós”.

Samuel Ortiz.

Categories: Uncategorized | 1 Comentário

Navegação de artigos

One thought on “” As transferências de culpa terminam aqui”

  1. Carlos

    Concordo totalmente com você Samuel, temos que reconhecer que somos culpado mesmo sendo induzido ao erro por alguém
    parabéns

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: